Publicidade

Publicidade
30/05/2008 - 07:45

A etiqueta da academia de ginástica

Compartilhe: Twitter

No New York Times de hoje, uma reportagem que joga luz num problema mundano, mas pelo qual aqueles que freqüentam academia podem se interessar: como conviver com os chatos, os grosseiros e os barulhentos da esteira ou da bicicleta ou do aparelho ao lado? (tem até aqueles que cantam alto, enquanto ouvem música no fone). Confrontá-los ou não, eis a questão colocada pelo repórter, que deixa claro que academias são diferentes de “clubes de campo”, onde todos entendem as regras tácitas. (Lembrando que o Times é grátis, mas pede cadastro. Vale a pena preencher). Ah, se puder, deixe um cometário contando alguma história que você presenciou na academia.

Autor: - Categoria(s): Comportamento, Esportes, sociedade Tags:

Ver todas as notas

20 comentários para “A etiqueta da academia de ginástica”

  1. Carolina disse:

    Adoraria fazer parte da equipe de leitores…..

  2. paulo cesar disse:

    É BASTANTE COMUM ESTE TIPO DE CHATO SENTAR NOS APARELHOS E FICAR EMBASSANDO NÃO DEIXANDO QUE OUTRAS PESSOAS USEM.

  3. rossana disse:

    Felizmente ainda não me deparei com nada parecido, mas sempre existem aqueles chatos de galocha que mais atrapalham do que malham.

  4. Elson disse:

    Pois é, já tive problemas na academia também. Foi uma cantada de uma menina na frente de todos, fiquei roxo de vergonha….hahah…bem que ela podia ter me chamado discretamente, mas tudo bem…Academia temos que mais é relaxar e curtir a malhação..

    Abraços

  5. andrea disse:

    academia ñ tem nada a ver c perfume forte tem algumas pessoas que passam aqueles bem doces quando mistura com o suor ñ tem quem a suporte fica um cheiro insuportavel

  6. Beto disse:

    …um belo dia de malhação, academia cheia, é comum as pessoas revezarem os aparelhos…mas neste dia, me aproximei educadamente como de costume, esperando a pessoa do sexo feminino acabar de realizar sua série e perguntei : – posso revezar com você? a resposta desta cretina foi : -não, não pode. ehehe.. eu tive que rir, pois não era comum uma resposta desta natureza. Esse(a) tipo de pessoa deve ser expulsa do convívio social. Essas fresquinhas têm que levar uma baita de um sarro…isso é conseqüência de pouca encarnação na sua fazse juvenil e tornou-se essa mulher antipática. OPINIÃO DAS PESSOAS QUE A CONHECEM.

  7. Everaldo disse:

    Academia é tudo de bom, principalmente as que tem muitos espelhos, adoro ver a mulherada treinando e se admirando,dando aquela olhadas basica no bumbum rsrs,não suporto os caras q para chamar a atenção colocam o dobro do peso q suporta e ficam dando gritos de dor(achando q estão apavorando).

  8. ENS disse:

    já tive problemas em academia quaando as pessoas usam um aparelho e o deixa cheio de suor, deveriam se tocar e limpar..é nojento. Concordo com o Everaldo, mas prefiro ver os garotinhos malhados se admirando no espelho..uma delicia Everaldo.

  9. Marcela disse:

    O pior, realmente, são os porcalhões que deixam as máquinas pingando de suor e quem vai usar depois tem que limpar o suor dos outros… fico revoltada!! Cidadania tem que ser praticada em todo lugar, inclusive na academia.
    Tem ainda aqueles babacas que sentam nas máquinas pra conversar, aqueles outros que deixam as anilhas pesadíssimas carregadas nas máquinas depois que usam e quem vai usar em seguida tem que tirar, aqueles que usam os assentos das máquinas de prateleira para colocar celular, chaves etc, aqueles que a cada vez que vão beber água usam um copo plástico que jogam fora e depois pegam outro (desperdício, respeito ao meio ambiente também tem que ser praticado em todo lugar). Enfim… é um suplício…

  10. Rodrigo disse:

    Pois é…
    Deveriam existir regras para o uso da academia!
    Uma coisa que creio ser comum: um aparelho não funcionar (como esteira, por exemplo), e termos que dividir c/ os outros os aparelhos restantes…horrível!
    Aconselho ter uma esteira em casa; é ótimo!!!

  11. Leandro disse:

    Na academia que eu treino existem regras em relação a limpeza dos aparelhos após o uso e a retirada dos pesos após o uso,etc., ou seja, é só vcs exigirem dos responsáveis das academias que elaborem e coloquem em prática tais regulamentos e que cobrem de seus usuários para que o convívio mútuo seja saudável!!!

  12. Junior disse:

    Quando ocorre uma situação desconfortável das que foram citadas anteriormente, procuro sempre buscar a ajuda de algum(a) funcionário(a) da academia e normalmente o problema é resolvido.

  13. ligia disse:

    por várias vezes desisti de frequentar academia por ser alvo de olhares, pois estou bem acima do pesso “ideal”, (apesar que o local foi feito pra este tipo de pessoas), vocês podem reparar, a maioria são pessoas malhadas e saradas que frequentam e as que realmente precisam frequentar se sentem com vergonha, pois a coisa mais chata é você começar a fazer qualquer atividade e todo mundo ficar olhando… atualmente optei pela caminhada e corrida ao ar livre…

  14. davi mota disse:

    Tem gente que vai pra academia só pra ficar batendo papo furado e atrapalhando quem está a fim de levar o treino a sério.

  15. Georges Kinho Yerushalayim disse:

    Vocês comentaram bastante coisas interessantes sobre o ´comportamento público na academia..
    mas eu queria saber se alguém que seja homossexual e que sempre freqüenta a academia
    já passou por algum tipo de constrangimento…
    Eu nunca freqüentei por ter medo de ser alvo de qualquer preconceito…
    Ou saber de alguém que soube driblar esse preconceito e levar uma amizade sadia com uma pessoa homossexual..tenho creteza de que várias pessoas não freqüentam a academia por conta desse medo que me faz cativo….

  16. Josué disse:

    Etique é coisa de boiola, macho vai malhar, se não sair do aparelho é só tirar na força.

    Acho que o cara da pesquisa é um baita gay!

  17. vera gaucha disse:

    Que bom q a academia que eu frequento tem poucos sem educação. A maioria descarrega os aparelhos depois de terminar os exercícios (e qdo “esquecem”, são lembrados por um instrutor)e além disso tem avisos ao lado de cada aparelho. Usam toalhas p secar o suor e deitar-se nos bancos…etc. Ainda tem garrafas de álcool para (tentar)limpar o local a ser usado.Eu transpiro muito, por isso tenho o cuidado de deixar até as caneleiras que uso, limpas.N gostaria de me deitar num aparelho molhado, tirar um monte de anilhas q alguém “esqueceu”…Enfim…Vale a regra para tudo na vida: “faça para os outros o que gostaria q fosse feito p vc”.Eu freq. academia há mais de 20 anos e nunca tive problemas com nguem.O Josué deve ser ainda um piá…Quando crescer, vai achar a frase q acabou de deixar uma baita besteira…abraços

  18. Rodrigo disse:

    Como tem v ia do aqui querendo homem…

  19. Ghunter disse:

    Pra mim esse JOSUÉ que disse que “Etique é coisa de boiola”, só pelo que ele disse com certeza deve ser uma grande de um BOIOLA ENRUSTIDO, aqueles garotões malhados e tipo machão que depois da malhação vai “Tomar banho com os outros garotões e fica batendo papo no chuveiro e admirando os penis deles”.
    Garotas ! Desconfiem daqueles garotões que dão uma de Machão, pois psicologicamente querem suprie e/ou esconder seu lado GAY, como esse JOSUÉ.
    JOSUÉ ! Vira Homem meu rapaz, ou assuma seu lado GAY.

  20. […] de spinning na academia, em Nova York, e acabaram no tribunal. Esse caso, inclusive, é mencionado no texto que eu sugeri na semana passada sobre “etiqueta na academia”. O interessante é que a reportagem levanta uma questão […]

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo