Publicidade

Publicidade
14/05/2008 - 06:04

Compartilhe: Twitter
Circular: “‘O que chamamos de progresso’, disse Havelock Ellis, ‘é apenas a substituição de um aborrecimento por outro aborrecimento’. A idéia é tão óbvia que já deve ter ocorrido, de vez em quando, até a algum ministro de Estado. Deve haver pessoas, por exemplo, que gostam do som de um telefone tocando, mas, se existem, não conheço nenhuma. (…) O telefone atual foi tão aperfeiçoado que está para o seu progenitor de 1880 como um encouraçado está para o tosco Clermont de Fulton. Mas, em todo esse tempo, ninguém se lembrou de aperfeiçoar o som de sua campainha. Ele continua estridente e intolerável, mesmo quando se tenta sufocá-lo com travesseiros. (…) O telefone, acredito, é o maior avanço para chatos já inventado.” (H.L. Mencken, 1931, em “O livro dos insultos de H.L. Mencken”).
Autor: - Categoria(s): circular Tags:

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo